Header Ads

test

Prefeita Iraneide foi recebida pelo presidente da CODERN, Emerson Fernandes


Iraneide Rebouças foi se inteirar das condições atuais de funcionamento do terminal e vai levando para Brasília um relatório dos problemas apresentados por Emerson para entregar ao presidente Michel Temer.
O presidente da Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN, Emerson Fernandes, recebeu na manhã desta segunda-feira (25), a prefeita de Areia Branca, Iraneide Rebouças. A pauta principal do encontro tratou das dificuldades enfrentadas pelo órgão, como por exemplo, os problemas estruturais do Terminal Salineiro do RN, localizado no município, conhecido como Porto-Ilha.
Iraneide foi se inteirar das condições atuais de funcionamento do terminal e vai levando para Brasília um relatório dos problemas apresentados por Emerson. Na próxima quarta-feira (27), a gestora do município de Areia Branca, tem audiência com o presidente da República Michel Temer, juntamente com os representantes do setor salineiro e da classe política do RN, sobre as questões de ocupação das salinas em área de preservação permanente e a necessidade de se reconhecer a atividade salineira como de fim social.
A prefeita enalteceu a importância econômica do Porto-Ilha para o município, o Estado e o País. “A indústria do sal no Rio Grande do Norte é responsável por 60 mil empregos diretos e indiretos. Isso tem um reflexo positivo enorme na nossa economia. E a classe política precisa estar atenta ao Porto-Ilha, por onde ocorre o escoamento de 95% do sal brasileiro, que é produzido em nosso Estado”.
Aproveitando a ocasião, a prefeita Iraneide requereu alguns pleitos ao presidente da CODERN que são de interesse da cidade, solicitou a cessão das quadras do órgão para que a prefeitura recupere os equipamentos de esporte e lazer e devolva à população de areia Branca. Além disso, foram requisitadas as cessões das três casas da CODERN para prefeitura poder criar uma casa de acolhimento para crianças em situação de vulnerabilidade social. O presidente Emerson Fernandes gostou da ideia e disse que levaria os pleitos ao conselho de administração para deliberação.
Emerson afirmou que é importante o diálogo permanente entre a CODERN e o poder público: “Nós estamos de portas abertas sempre para o diálogo. É assim que construímos o crescimento e fortalecimento da Companhia, cada um fazendo a sua parte. A CODERN agradece o gesto da prefeita de nos procurar para uma conversa sobre o Terminal Salineiro de Areia Branca”.