Header Ads

test

Prefeita solicita ao ministro das Cidades recursos para adutora que levará água encanada para a zona rural


Prefeita Iraneide ladeada pelo ministro Alexandre Baldy e pelo deputado Fábio Faria (Foto: Divulgação)
Como resultado da sua mais recente viagem a Brasília (DF) a prefeita de Areia Branca, Iraneide Rebouças (PSD), comemora a boa notícia em relação ao projeto de construção da Adutora Costa Branca, que vai levar água encanada para as principais comunidades rurais do município.
Numa audiência com o ministro das Cidades, Alexandre Baldy, Iraneide entregou a solicitação de recursos para executar o maior projeto hídrico do município. O aceno positivo do ministro quanto ao encaminhamento do pleito reivindicado, deixou a prefeita otimista. O pedido foi reforçado pelo deputado federal Fábio Faria (PSD), que acompanhou a gestora no encontro com o titular do Ministério das Cidades.
A prefeita Iraneide aproveitou a oportunidade para reivindicar, também ao ministro Alexandre Baldy, a liberação de recursos para a pavimentação de ruas da cidade.
Adutora
A Adutora Costa Branca vai levar água para a zona rural do município, contemplando as comunidades de São José, Morro Pintado, Redonda, São Cristóvão e Ponta do mel. Serão em torno de 42 quilômetros de extensão e contará com poços para o abastecimento do reservatório principal e Estação Elevatória de Água (ETA), destinando água para as comunidades beneficiadas.
Desde o segundo semestre de 2017 a prefeita Iraneide vem trabalhando na execução das etapas preliminares do projeto, com apoio de equipes técnicas da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern). Foram realizados o reconhecimento em campo do traçado onde será projetada a adutora e os serviços topográficos.
Em reunião com direção e corpo técnico da Caern, em Natal, foi apresentado à prefeita o projeto básico da Adutora Costa Branca, cujo custo da obra está estimado em R$ 22 milhões.