Header Ads

test

RealTime Big Data para presidente: Bolsonaro tem 59% e Haddad, 41% de votos válidos

Bolsonaro lidera isolado (Foto: Sérgio Lima/Poder 360)
Pesquisa RealTime Big Data, divulgada nesta segunda-feira, 15, mostra o deputado federal Jair Bolsonaro, candidato do PSL à Presidência da República, com 59% da preferência do eleitorado considerando os votos válidos. O ex-prefeito de São Paulo e ex-ministro Fernando Haddad (PT) aparece com as outras 41% das intenções de voto.
O resultado considera apenas as intenções de voto direcionadas para um dos dois candidatos, excluindo-se os eleitores indecisos e as menções de voto em brancos e nulo.
Considerando os votos totais, o levantamento mostra Bolsonaro com 48% das intenções de voto, ante 33% de Fernando Haddad. Os votos brancos e nulos somam 11% e os eleitores indecisos, 8%.
O primeiro levantamento do instituto para o segundo turno também revela queda de oito pontos percentuais na rejeição ao candidato do PSL, que passou de 54%, em 4 de outubro, para 46% agora. A rejeição a Fernando Haddad se mantém estável desde o início do mês, em 53%.
O RealTime Big Data ouviu 5.000 eleitores entre os dias 12 e 13 de outubro. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos, e o nível de confiança é de 95%. A pesquisa foi encomendada pela RecordTV e foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número BR-00723/2018.
Por região
Considerando as grandes regiões brasileiras, a pesquisa RealTime Big Data/RecordTV aponta que Bolsonaro vence no Sul, Sudeste e Norte/Centro-Oeste, perdendo para o adversário do PT somente no Nordeste.
Ainda segundo o levantamento, a região Nordeste também concentra a maior quantidade de eleitores com voto em branco e nulo. No Sul e no Sudeste, está a maior quantidade de eleitores indecisos.
Veja os resultados a seguir:
Sul
Bolsonaro: 54%
Haddad: 27%
Nulo/Branco: 9%
Indecisos: 10%
Sudeste
Bolsonaro: 52%
Haddad: 29%
Nulo/Branco: 10%
Indecisos: 9%
Norte/Centro-Oeste
Bolsonaro: 59%
Haddad: 28%
Nulo/Branco: 8%
Indecisos: 5%
Nordeste
Haddad: 47%
Bolsonaro: 32%
Nulo/Branco: 15%
Indecisos: 6%
Por gênero
O RealTime Big Data revela que a liderança de Bolsonaro se deve principalmente aos homens. Nessa parcela do eleitorado, o capitão aposentado do Exército é escolhido por 56% dos entrevistados, quase o dobro de Fernando Haddad, que aparece com 30% das menções de voto. Brancos e nulos somam 9%. Eleitores indecisos são 5%.
Entre as mulheres, a pesquisa mostra Bolsonaro e Haddad tecnicamente empatados no limite da margem de erro, mas com o candidato do PSL numericamente à frente, com 40% dos votos totais, ante 36% de Haddad. O eleitorado feminino tem maior proporção de votos em branco e nulo (13%) e de indecisas (11%).
Por faixa etária
O levantamento mostra ainda que Bolsonaro lidera a preferência do eleitorado em praticamente todas as faixas etárias, empatando somente entre o mais jovens, mas também numericamente à frente. Veja a seguir.
16 a 24 anos
Bolsonaro: 42%
Haddad: 40%
Nulo/Branco: 11%
Indecisos: 7%
25 a 34 anos
Bolsonaro: 49%
Haddad: 35%
Nulo/Branco: 10%
Indecisos: 6%
35 a 44 anos
Bolsonaro: 47%
Haddad: 34%
Nulo/Branco: 10%
Indecisos: 9%
45 a 59 anos
Bolsonaro: 51%
Haddad: 31%
Nulo/Branco: 10%
Indecisos: 8%
Mais de 60 anos
Bolsonaro: 51%
Haddad: 27%
Nulo/Branco: 13%
Indecisos: 9%
Razões para o voto
O RealTime Big Data também perguntou aos entrevistados o porquê de eles escolherem Jair Bolsonaro ou Fernando Haddad como seus candidatos. Nos dois casos, a rejeição ao adversário é o principal motivo apontado pelos eleitores para a escolha do voto.
Na sequência, os eleitores do PSL apontam o “combate à corrupção” e o “histórico” como razão para votarem em Bolsonaro no dia 28 de outubro. Para os eleitores de Haddad, as razões apontadas são o “apoio político” e a “geração de emprego”.
Veja a seguir as razões para o voto.
Jair Bolsonaro X Fernando Haddad
exclusão ao outro candidato: 55% X 44%
pelo combate à corrupção: 18% X 6%
pelo histórico: 8% X 7%
pelo combate à violência: 7% X 5%
geração de emprego: 2% X 8%
apoio político: 1% X 10%
outros motivos: 2% X 6%
não sabe: 7% X 14%
Migração de votos
Ainda segundo o levantamento, Fernando Haddad é quem mais recebe os votos dos eleitores que escolheram Ciro Gomes (PDT) no primeiro turno. Já Bolsonaro acaba se beneficiando com os votos dos eleitores que optaram por Geraldo Alckmin (PSDB) na primeira votação.
Segundo o RealTime Big Data, 64% dos eleitores de Ciro dizem que irão votar em Haddad no dia 28 de outubro. Já 17% vão optar por Bolsonaro. Outros 19% não sabem ou prometem votar em branco ou nulo.
Com relação aos eleitores de Alckmin, 54% afirmam que irão votar em Bolsonaro em 28 de outubro, enquanto 21% indicam voto em Haddad. Já 25% dos eleitores do tucano dizem que votarão em branco, nulo ou que estão indecisos para o segundo turno. (Com informações R7).