Header Ads

Prefeitura instala pontos de apoio para cadastro do Auxílio Emergencial em Areia Branca

Prefeitura instala pontos de apoio para cadastro do Auxílio Emergencial em Areia Branca
A ajuda é para os areia-branquenses que não sabem ou não conseguem se inscrever no programa de benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados como proteção emergencial no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus - COVID 19.
A prefeitura de Areia Branca inicia nesta segunda-feira (13) uma grande ação de ajuda aos areia-branquenses que têm dificuldade ou não têm acesso a smartphones e computadores para fazer a inscrição no Auxílio Emergencial que deve ser feita via aplicativo disponível em Android, IOS e em versão Web.
A inscrição iniciou no dia 07 de abril passado, no entanto algumas pessoas ainda estão com dificuldade para se inscrever e, diante da necessidade, a Prefeitura de Areia Branca, que já vinha orientando pelas rede sociais e por telefone, decidiu vai ampliar a ação colocando pontos fixos para que as pessoas tirem suas dúvidas ou mesmo façam a inscrição.
O Auxilio Emergencial é um benefício financeiro destinado aos trabalhadores informais, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e desempregados, como proteção no período de enfrentamento à crise causada pela pandemia do Coronavírus – COVID 19.
“Precisamos nos colocar no lugar do outro, de entender as particularidades de cada um, deixar que as pessoas se sintam à vontade de pedir o que eles não sabem” disse a prefeita Iraneide Rebouças.
Os pontos de apoio serão na cidade e na zona rural, sendo nove locais fixos na zona urbana e outros nove na zona rural compreendendo a totalidade de todas as comunidades.  O atendimento será realizado no horário das 7:30 às 13 horas, de forma presencial.  Quem preferir o atendimento telefônico pode ser feito através seguintes números fixos e de celular (todos funcionam como WhatsApp).
Secretaria de Assistência Social – 3332-4930
Cadastro Único – 3332-4963
WhatsApp:
  • 99440-9539
  • 99704-4844
  • 98877-9579
  • 98602-5900
São Cristóvão – 98779-5608
Ponta do Mel – 98855-0478
Plantão: 99117-9089

APOIO AO CADASTRO DO AUXILIO EMERGENCIAL
Cidade:
Cadastro Único
Secretaria de Assistência Social
Gerência de Emprego e Renda
Escola Municipal Geralda Cruz, Escola Municipal Nossa Senhora Auxiliadora e Escola Municipal José Solon
CEI Danilo Ezequiel
CRAS e CREAS

Zona Rural:
Pedrinhas, Arraial, Baixa Grande e Casqueira – Escola Municipal Ana de Souza Rolim
Serra Vermelha – Escola Municipal Hercília Noronha
Reforma 2 – Escola Municipal Josimar Soares
Freire – Escola Municipal José Vicente
São José e Morro Pintado – Escola Municipal Padre João Maria
Redonda – Escola Municipal Santo Expedito
São Cristóvão – Escola Municipal Maria Noronha
Ponta do Mel – Escola Municipal Francisco da Borja.

ONDE FAZER A INSCRIÇÃO:
Os trabalhadores podem pedir das seguintes formas:
Clique aqui para acessar pelo site: https://auxilio.caixa.gov.br/#/inicio
Clique aqui para baixar o aplicativo para celulares Android: https://play.google.com/store/apps/details?id=br.gov.caixa.auxilio
Clique aqui para baixar o aplicativo para iOS (celulares Apple): https://apps.apple.com/br/app/caixa-aux%C3%ADlio-emergencial/id1506494331

REQUISITOS:
ser maior de 18 anos de idade
Trabalhadores autônomos com rendas informais, que não seja agente público, inclusive temporário e nem exercendo mandato eletivo
Não recebe benefício previdenciário ou assistencial, seguro-desemprego ou de outro programa de transferência de renda federal que não seja o Bolsa Família
Renda familiar mensal per capita (por pessoa) de até meio salário mínimo (R$ 522,50) ou renda familiar mensal total (tudo o que a família recebe) de até três salários mínimos (R$ 3.135,00)
Não ter recebido rendimentos tributáveis, no ano de 2018, acima de R$ 28.559,70
Estar desempregado ou exercer atividade na condição de microempreendedor individual (MEI) ou ser contribuinte individual ou facultativo do Regime Geral de Previdência Social (RGPS) ou ser trabalhador informal inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico)